sexta-feira, 21 de maio de 2010

10 Paixões em forma de romance - Universidade de Coimbra

Obras de Eça de Queirós, José Saramago, Machado de Assis e Mia Couto foram escolhidas para integrar os dez romances mais representativos da literatura de língua portuguesa pelo júri de um concurso da Imprensa da Universidade de Coimbra.
O júri do concurso “10 Paixões em Forma de Romance”, selecionou “Os Maias” de Eça de Queirós, “Memorial do Convento”, de José Saramago, “Dom Casmurro”, de Machado Assis, e “Terra Sonâmbula”, de Mia Couto.

Entre os “10 Mais” escolhidos pelo júri, que integrou os escritores José Luís Peixoto e João Tordo e vários docentes da Faculdade de Letras (FLUC), figuram ainda “Amor de Perdição”, de Camilo Castelo-Branco, “Aparição”, de Vergílio Ferreira, “O Delfim”, de José Cardoso Pires, “Esteiros”, de Soeiro Pereira Gomes, “A Sibila”, de Agustina Bessa-Luís, e “Sinais de Fogo”, de Jorge de Sena.

Estes dez romances foram eleitos como os mais representativos da literatura de língua portuguesa de entre as 30 obras que tinham sido anteriormente mais votadas por docentes, estudantes e funcionários da Universidade de Coimbra.

Segundo o director da Imprensa da Universidade de Coimbra (IUC), João Gouveia Monteiro, para chegar a esta lista final “o júri teve em conta a diversidade e representatividade de diferentes épocas, correntes, geografia e géneros, bem como a expressão da vontade dos votantes”.

O também presidente do júri disse hoje à agência Lusa que foi decidido divulgar os “10 Mais” por ordem alfabética, em bloco, sem detalhar os votos que recaíram sobre cada um dos romances.

O objectivo deste concurso foi “tomar esta escolha como um pretexto para falar de livros e de boa literatura”, na sequência de outras iniciativas levadas a cabo pela IUC.

1 comentário: