domingo, 3 de fevereiro de 2013

Os 200 anos de Orgulho e Preconceito

   A Nélia alertou-nos para os 200 anos da edição desta obra de Jane Austen. Publicada pela primeira vez em 1813, foi concluída 16 anos antes, quando a escritora contava apenas 20 anos.
   O jornal The Guardian publica um extenso artigo onde diversos escritores da atualidade analisam detalhadamente as várias personagens desta obra. Não deixaram de nos surpreender as conclusões a que chegam: Mr. Bennett é um rufia (bully), Elisabeth não suporta mulheres e Mr. Darcy necessita de terapia (é manipulador, hipócrita e um egoísta depressivo). Olhares da atualidade sobre uma obra que, contra o que poderíamos esperar, pelo tema e pelos protagonistas, se tem mantido entre os livros mais lidos.
   Ver mais em:

http://www.guardian.co.uk/books/2013/jan/26/pride-prejudice-200th-anniversary


Sem comentários:

Enviar um comentário