quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Preconceito Racial, Pearl S. Buck (Editora Livros do Brasil)

    Um romance com a clara assinatura de Pearl Buck mas que deixa bastante a desejar. Foi o primeiro livro dela sobre a Índia que li e gostei mais de todos os que já li sobre a China.
    "Preconceito Racial" na tradução portuguesa tem, como título original, "Come, my beloved" ("Vem, meu amor") e, para mim, nenhum dos títulos corresponde ao livro, ainda que compreenda o título português.    De facto, o título original soa-me estranho.
    A narrativa é feita ao longo de três gerações de homens americanos, os MacArd, que procuram a realização da sua fé cristã e, com ela, o bem da Índia. Em cada geração, o filho desafia o pai e dá mais um passo na sua proximidade com esse país, sempre acreditando que o cristianismo é a solução para ele. Tendo início em pleno domínio Britânico, passa por Gandhi e pela libertção da Índia.
    Por fim, é pedido um derradeiro sacrifício ao último protagonista - que ele não está disposto a aceitar, levando a sua filha e nós, leitores, a questionar toda a sua integridade. 

    Uma nota final sobre os americanos neste romance: todos os homens tem Deus acima de tudo nas suas vidas e apenas as mulheres têm a capacidade de amar e se entregarem profundamente!

Sem comentários:

Enviar um comentário