Prémio Nobel da Literatura 2017

Prémio Nobel da Literatura 2017

Kazuo Ishiguro

autor, entre outros, de Os despojos do dia e Nunca me deixes


terça-feira, 23 de abril de 2013

Dia Mundial do Livro

   A Nélia foi insistindo comigo ao longo do dia para fazermos um post sobre o Dia Mundial do Livro.
   Ela tinha razão, tínhamos de o fazer e, devo confessar que se não fosse a insistência da Nélia não o teria feito, nem teria sequer dado pelo dia...
   E embora não me surpreenda que haja um dia do livro, interroguei-me sobre a data e encontrei a resposta no site da Direção-Geral do Livro e das Bibliotecas:

   O Dia Mundial do Livro é comemorado, desde 1996 e por decisão da UNESCO, a 23 de Abril. Trata-se de uma data simbólica para a literatura, já que, segundo os vários calendários, neste dia desapareceram importantes escritores como Cervantes e Shakespeare. A ideia da comemoração teve origem na Catalunha: a 23 de Abril, dia de São Jorge, uma rosa é oferecida a quem comprar um livro. Mais recentemente, a troca de uma rosa por um livro tornou-se uma tradição em vários países do mundo.

Em vez de uma rosa por um livro, um poema:

Inquérito

"Um dos dois mente, o escritor ou o livro,
acerca de qual deles escreve o outro.
Qual, ilegível, é Um? Qual é Mistério dividido?
Qual é espectro? Qual é corpo?

"Que culpa inconclusa se oculta
na leitura, a do esquecimento ou a da loucura?
Que voz irresoluta aí murmua?
Que mesma voz outramente escuta?

"E que eco ou evidência
fala na impossibilidade de falar?
Será prudente - perguntou ele - confiar
o Verdadeiro a tanta ausência?" 

Manuel António Pina, in Todas as Palavras poesia reunida (Assírio & Alvim) 

Sem comentários:

Enviar um comentário