terça-feira, 2 de julho de 2013

O Amante Inénuo e Sentimental, John Le Carré (Pub. Europa-América)

    Se me pedissem para descrever este livro numa palavra, diria: Estranho. Em duas? Muito Estranho!
    Seguimos Aldo Cassidy, chefe de uma empresa de sucesso de carrinhos para bebés - cuja indústria o próprio revolucionou. Cassidy vive com a mulher, um dos filhos (o outro está num colégio??) e a sogra. Tem um casamento bastante infeliz.
    No início da narrativa, desloca-se a Haverdown, uma propriedade que pensa vir a adquirir. Aqui, conhece um casal no mínimo peculiar - Shamus e Helen - com o qual estabelece uma estranha relação, como que para lá da realidade. Os seus encontros são esporádicos  e absolutamente bizarros - Shamus é um escritor perturbado, sempre aplaudido e venerado pela mulher. Cassidy acaba por se envolver sexualmente com cada um deles, em momentos distintos.
    No entanto, a narrativa é muito pouco clara, com passagens aparentemente aleatórias, sem acrescento ou relevância para a trama. Ou assim me pareceu.
    Demorei a ler mas, de facto, não interrompi o livro - achei-o tão estranho que foi ficando a curiosidade!

Sem comentários:

Enviar um comentário